VOLTAR

Apoena não volta logo à Funai

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
15 de mar de 1973

O presidente da Funai, Bandeira de Melo, pretende que Apoena Meireles volte ao órgão para trabalhar no contato com um povo indígena isolado da região da Perimetral Norte. O sertanista depende de uma carta de aceite da UMT, da qual está a disposição atualmente.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.