VOLTAR

Apoena duvida que os índios sejam canibais

O Estado de São Paulo (São Paulo - SP)
11 de out de 1972

O sertanista Apoena Meirelles dissse ontem que é improvável serem canibais os índios que atacaram a família do seringueiro Euclides Candido da Costa, na região de Pimenta Bueno, em Rondônia, matando a flechadas dois de seus filhos e ferindo gravemente sua mulher. A informação de que seriam canibais foi dada pela irmã do seringueiro, Sebastiana Candido da Costa, segundo o que lhe contara a filha mais velha do seringueiro, que consegui escapar do ataque. Apoena acredita que a menina possa ter ditorcido o que aconteceu devido ao trauma. A direção da Funai resolveu enviar ao Parque Aripuanã o sertanista Francisco Meirelles, pai de Apoena, e aguarda seu relatório preliminar.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.