VOLTAR

Antropólogo adverte Funai para extermínio de guajás por fome, doença e tiros

Jornal do Brasil (RJ)
25 de mai de 1980

"Se os 27 índios Guajá do Igarapé Timbira em Santa Luzia e os pequenos grupos das regiões de Arame e Buriticupu não forem transferidos para a reserva Caru, no município de Bom Jardim, onde terão melhores condições de vida, serão, em pouco tempo, exterminados por doenças, fome expulsão de suas terras ou nas mãos de pistoleiros", advertiu o antropólogo Mércio Pereira Gomes.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.