VOLTAR

Amazônia é mote de reunião da SBPC

FSP, Brasil, p. A10
18 de jul de 2004

Amazônia é mote de reunião da SBPC
Encontro anual de número 56 começa hoje em Cuiabá

Salvador Nogueira
Enviado especial a Cuiabá

Na capital do Estado amazônico mais desmatado, começa hoje a 56ª Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência). E o debate sobre a preservação da floresta e sua exploração não-predatória, para fins tanto econômicos quanto científicos, está na ordem do dia.

O tema do evento em Cuiabá é "Ciência na Fronteira: Ética do Conhecimento". Segundo o presidente da SBPC, Ennio Candotti, os principais temas serão propostas para a reforma universitária, a exploração científica e o desenvolvimento sustentável da Amazônia e do Pantanal e questões de biossegurança e bioética, como a regulamentação dos transgênicos e a autorização para pesquisas com células-tronco embrionárias, regidas pela Lei de Biossegurança, que está tramitando no Senado.

A abertura, às 19h, terá a presença do ministro Eduardo Campos (Ciência e Tecnologia) e do governador Blairo Maggi (PPS-MT).

Após isso, entre amanhã e a próxima sexta, pesquisadores de todo o país apresentam resultados de trabalhos e discutem a condução das políticas de educação e de ciência e tecnologia.

Haverá vários eventos paralelos, como o SBPC Jovem, que, neste ano, tem mais de 1.400 inscritos, e o SBPC e a Ciência Indígena, realizada excepcionalmente agora, com 250 participantes já cadastrados. Na chamada reunião sênior, até anteontem, eram quase 3.500 os inscritos. Segundo a SBPC, sua reunião anual é o maior encontro do gênero no Hemisfério Sul.

FSP, 18/07/2004, Brasil, p. A10

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.