VOLTAR

Alerj aprova projeto que cria reserva sustentável em Ilha Grande

((o))eco - http://www.oeco.org.br/
06 de mai de 2014

Deputados estaduais do Rio de Janeiro aprovaram a criação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Aventureiro, na Ilha Grande. O projeto de lei 3.250/10, de autoria do deputado Carlos Minc (PT), ex-diretor da Secretaria de Ambiente do Estado, segue para sanção do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). A nova unidade de conservação nasce de uma área reduzida e outra recategorizada de outras 2 unidades.

A Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul teve 3% do seu tamanho reduzido e o Parque Estadual Marinho do Aventureiro virou a Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Aventureiro. O objetivo da mudança é garantir a atividade de pesca pelos caiçaras que vivem na região. Com a sanção da lei, a pesca artesanal poderá ser praticada na região - sendo regulamentada por um conselho com participação de representantes dos caiçaras e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

"Em 2007, duplicamos o Parque Estadual da Ilha Grande, de 6 mil para 12 mil hectares, incluindo 12 praias, como a de Lopes Mendes. E atualmente, estão sendo construídas 6 estações de tratamento de esgoto biológico na ilha. Dessa forma, a Ilha Grande será mais protegida, com menos poluição e a garantia de preservação da cultura caiçara", afirma Minc, de acordo com nota divulgada por sua assessoria de imprensa.

http://www.oeco.org.br/noticias/28285-alerj-aprova-projeto-que-cria-res…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.