VOLTAR

Aldeia Araponga ganha posto de saúde

Funasa-Brasília-DF
19 de out de 2005

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) inaugurou ontem (18), na aldeia Araponga, município de Paraty (RJ), o Posto de Saúde "Nhaneramoi˜ Karaí Tataendy Oká", que na língua Guarani significa Homem da Casa Que Traz Luz. O nome do posto é uma homenagem a Agostinho da Silva, cacique da aldeia.

O posto conta com consultório médico e odontológico, sala de enfermagem e módulo sanitário. O equipamento tem capacidade para o atendimento de 30 pessoas por dia.

A equipe multidisciplinar que atua no posto é formada por dois médicos, uma enfermeira, uma técnica de enfermagem, três auxiliares de enfermagem e um dentista, além de três agentes indígenas de saúde (AIS) que moram na aldeia. Os AIS foram capacitados por profissionais da Coordenação Regional da Funasa no Rio de Janeiro (Core-RJ).

Nos dois últimos anos, a Funasa já construiu dois postos de saúde em aldeias indígenas do estado. No início do ano passado, a comunidade da aldeia de Paraty-Mirim também ganhou um Posto de Saúde.

Os técnicos da Divisão de Engenharia em Saúde (Diesp) Core-RJ foram os responsáveis pela elaboração do projeto e construção dos postos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.