VOLTAR

Adeus ao surubim do Rio Doce?

O ECO - www.oeco.com.br
31 de mar de 2009

Há poucos dias, o conselho de Política Ambiental de Minas Gerais aprovou a licença prévia para a Pequena Central Hidrelétrica Nova Brito, da empresa Novelis Brasil Ltda. Especialistas como Jorge Dergam dos Santos, da Universidade Federal de Viçosa, criticaram a medida, afirmando que a região da obra, próxima ao Parque Nacional do Caparaó, é a única onde vive o Surubim-do-Rio-Doce (Steindachneridion doceanum). A espécie sobe rios e corredeiras para se reproduzir e, com a barragem, sua sobrevivência fica comprometida. Escadas de peixe não resolveriam o problema. O surubim faz parte de listas de espécies ameaçadas de extinção, figurando como "Criticamente em Perigo". Isso não evitou a emissão da licença. Pelo menos 25 usinas e 74 pequenas usinas estariam previstas para a Bacia do Rio Doce. Políticos locais e dirigentes estaduais aprovam.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.