VOLTAR

Acordo pelo suborno: até quando?

Porantim (Brasília - DF)
Autor: Jose Calixto de Alencar
01 de ago de 1981

Os Xavante tem sido vítimas da ofensiva empreendida pela Funai, através de nova tática denunciada na Assembleia Nacional do Cimi. Dentro de uma política de segurança nacional, o órgão tutelar dos indígenas corrompe as lideranças e amedronta através do suborno e da violência. Ao invés de atender as reivindicações quanto a incorporação da área conhecida como Volta Grande à reserva Sangradouro, que já duram 14 anos, a Funai ofecereu financiamento de Cr$2 milhões para projetos comunitários na aldeia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.