VOLTAR

Yanomami: infanticídio legalizado

Correio do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
25 de ago de 1986

Entre os índios Yanomami, se uma mãe dá a luz gêmeos, um deles deve ser enforcado antes mesmo de retornar da mata onde realizam-se os partos para a aldeia. No caso de ser um casal, é a menina que é sacrificada. Isto ocorre porque o bebê fica totalmente dependente da mãe até os 3 anos: come, bebe, faz suas necessidades, tudo colado ao corpo dela, que por isso não pode cuidar de mais de uma criança.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.