VOLTAR

Xakriabá é o povo mais pobre do Estado

Diário de Minas, p. 8 (Belo Horizonte - MG)
25 de set de 1988

Reportagem sobre o povo indígena Xakriabá, que relata sua história em meio a conflitos fundiários, massacres por parte de grileiros, falta de assistência da Funai e da prefeitura de Itacarambi, perda de traços culturais e luta contra a sociedade não-indígena. Atualmente, segundo a fala do cacique e do próprio prefeito de Itacarambi, os índios vivem sem assistência alguma, enfrentando fome, seca e a falta de recursos para saúde e educação. Se de um lado o cacique Rodrigão critica o prefeito e afirma que se trata de um dos maiores grileiros de terra Xakriabá da região, critica também a Funai e o descaso por parte desse órgão em relação aos indígenas do norte de Minas Gerais.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.