VOLTAR

Vozes da África

Revista IstoÉ, p. 34-35
08 de jan de 1997

Cantar junto sempre foi um hábito na família Alcântara, composta por descendentes de escravos trazidos de Angola para Minas Gerais, por volta de 1760. Radicados desde o final dos anos 60 em João Monlavade, os Alcântara viviam originalmente a 42 quilômetros de distância da cidade, no povoado de Caxambu. A família, que sempre teve o hábito de cantar junto, conseguiu lançar um CD.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.