VOLTAR

Usina em área indígena

Folha de São Paulo
22 de jun de 1985

Depois de quatro meses e meio de resistência, os índios Kaiabi e Apiaká aceitaram a construção de uma hidrelétrica em sua reserva. O acordo foi assinado pelos líderes indígenas, representantes dos governos estadual e federal, mediante atendimento de doze reivindicações, entre elas a ampliação da reserva pelo governo federal e o pagamento de uma indenização de Cr$560 milhões.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.