VOLTAR

Urucum, arcos e flechas. Os Xavante se preparam para a guerra

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
20 de dez de 1979

Os índios Xavante do Posto Indígena de Couto Magalhães, em Barra do Garça (MT) estão cansados de esperar a demarcação de suas terras. Assim, já iniciaram os preparativos para atacar a fazenda Xavantina - cerca de 1500 indígenas já estão espalhados pelas áreas próximas, à procura de imbira e urucum para pintar o corpo para a guerra e de pontos estratégicos para o ataque. Para alguns, a ação é quase um suicídio, pois todos os jagunços da fazenda estão armados, ao passo que os indígenas pretendem lutar apenas com arco e flecha, ao modo dos antigos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.