VOLTAR

Unigran Capital faz mostra em homenagem aos povos indígenas

O Progresso- http://www.progresso.com.br/
09 de abr de 2014

A Unigran Capital, seguindo a filosofia adotada com a primeira mostra inspirada na Uniarte, de Dourados, a 1ª Unigran Capital em Arte (UCA), realizada em novembro, promove, com abertura nesta quarta-feira, de uma nova exposição de artes visuais. Desta vez em homenagem aos povos indígenas, com a participação de artistas de Mato Grosso do Sul que retratam o cotidiano indígena e uma homenagem in memorian, com obras do artista plástico Henrique Spengler.

Segundo o professor Marcos César Lomba, coordenador do Curso de Ensino e Extensão da Unigran Capital, a Exposição "Nativos A Vós Nativos", será realizada de hoje a 6 de maio, nos saguões da instituição, com duas homenagens e curadoria do artista plástico Jonir Figueiredo, que retornou na semana passada de Nova York, nos Estados Unidos, onde participou da Exposição "MS Visto Pelo Mundo".

Terceira mostra da Unigran Capital e segunda de uma série de oito exposições de artes visuais que a instituição pretende realizar durante o ano, "Nativos A Vós Nativos" faz uma homenagem especial aos povos indígenas e oferece a oportunidade à comunidade acadêmica e à sociedade campo-grandense e sul-mato-grossense, de conhecer trabalhos, com técnicas variadas, de artistas plásticos do MS, cujo tema central será o índio no seu cotidiano e tradições.

A mostra fará uma homenagem especial às nativas, convidadas e homenageadas, as artesãs Creuza Virgílio, da nação Kadiwéu, descendentes da nação Guaicuru e Maria Auxiliadora Bezerra, da nação terena, que também participaram da Exposição "MS Visto Pelo Mundo" nos Estados Unidos, para onde levaram seus trabalhos em cerâmica indígena.

Participam da Exposição "Nativos A Vós Nativos" os artistas plásticos Adilson Scheiffer, Andréa Luz, Aracy Marques, Gewa, Jonir Figueiredo, Lúcia Barbosa, que também expôs em Nova York; Miska, Nely Guimarães, Patrícia Helney, Pedro Guilherme, o fotógrafo Roberto Higa e Vitória Braun.

Henrique Spengler, que recebe homenagem póstuma por ser o fundador do Movimento Cultural Guaicuru, que existiu por 16 anos valorizando a cultura indígena e também por ter sido professor de artes da Unigran.

A abertura da Exposição será às 20h de hoje, na Unigran Capital, à Rua Abrão Júlio Rahe, 325, centro, com entrada franca.

Etnias

A Unigran Capital realiza no dia 16 de abril, também nos períodos matutino e noturno, será oferecida aos acadêmicos das licenciaturas, a Oficina "Cultura Terena - Tradições, Jogos e Outras Curiosidades".

Nos intervalos entre as aulas dos dois períodos ocorrerão intervenções artísticas com a temática indígena, exposição e comercialização do artesanato indígena indígena Kadwéu e Terena e os jogos indígenas desenvolvidos pelos acadêmicos do curso de Educação Física. Essas atividades serão desenvolvidas de hoje a 17 de abril.

http://www.progresso.com.br/caderno-b/unigran-faz-mostra-em-homenagem-a…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.