VOLTAR

Um oasis de amor no inferno verde

Correio Braziliense (Brasília - DF)
24 de ago de 1967

O jornalista Joanyr de Oliveira, em viagem de inspeção para a Comissão de Fiscalização Financeira e Tomada de Contas da Câmara dos Deputados, da qual é funcionário, percorreu todo o estado do Mato Grosso e parte do território de Rondônia, com o objetivo de investigar o funcionamento de entidades de assistência aos povos indígenas e o uso que as mesmas fazem da verba federal. Oliveira voltou impressionado com o trabalho da Missão Anchieta, junto a diversos povos, como Kaiabi, Bakairi, Iranxe Manoki, Nambikwara, Paresí, entre outros. Segundo o jornalista, se não fosse o trabalho de proteção dos religiosos, essas etnias teriam sido exterminadas, como foram muitas outras, por conta de doenças e da violência por parte dos seringueiros, que avançam por todo o território indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.