VOLTAR

Um governo nos Andes

Folhetim (São Paulo - SP)
20 de abr de 1980

Frente ao massacre sofrido pelos povos indígenas em toda a chamada América Latina, desde o Panamá até o sul do Chile, desde março desse ano diversos povos do Quarto Mundo (a saber, o dos índios) estão se organizando em uma "ofensiva ativa e dinâmica". Reuniram-se em Cusco, realizando uma série de assembléias para discutir as variadas situações. O coordenador do Conselho Mundial dos Povos índios, quechua Ramyro Reynaga afirma que a luta é para que os indígenas de toda a América tenham um lugar nos foros internacionais. A proposta é construir um governo regional na América do Sul, levando em conta as diferentes realidades demográficas da população indígena de cada país: as políticas seriam específicas em cada país, mas centralizadas nesse governo subcontinental.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.