VOLTAR

Ticunas lançam livro na Constituinte

O Estado de São Paulo (São Paulo-SP)
19 de ago de 1988

Os índios Ticuna aproveitaram a votação do capítulo da Constituição sobre as comunidades indígenas para lançar o livro "A lágrima Ticuna é uma só" que relata a chacina de 14 índios assassinados por pistoleiros da região de Tabatinga, no Amazonas. Além do livro, eles aproveitaram a ocasião para cobrar, através de abaixo assinado, a demarcação da terra indígena Ticuna, que compreende cerca de mil hectares às margens do rio Solimões.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.