VOLTAR

Ticunas

A Crítica (Manaus-AM)
20 de ago de 1988

Os índios Ticuna lançaram o livro "Lágrima Ticuna é uma só", que na verdade se trata de um dossiê que relata, através de depoimentos e notícias publicadas pela imprensa, o assassinato de índios Ticuna por pistoleiros da cidade de tabatinga, no Amazonas. . O número de mortes é incerto, apesar da reportagem trazer a informação de que foram 124 mortos, outras fontes relatam o número de 14 fatalidades. O lançamento aconteceu no auditório da liderança do PMDB na Constituinte e foi seguido de um abaixo assinado que exige a demarcação da área indígena Ticuna, cerca de 100 mil hectares às margens do rio Solimões.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.