VOLTAR

Terenas vivem em desespero

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
Autor: Denise Abraham
15 de fev de 1982

O cacique Mi'Hi da reserva indígena do município de Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, denuncia a situação precária em que se encontram os 10 mil índios Terena que ali habitam. Segundo ele não há as condições necessárias para a produção de alimento, o que causa um alto índice de desnutrição e mortandade infantil. Com a fome, conta Mi'Hi, há índios invadindo fazendas vizinhas em busca de alimentos, o que já ocasionou na morte de dois pelo administrador de uma das propriedades. A situação se agrava ainda mais pelo falta de assistência médica nas aldeias, onde doenças contagiosas, como a tuberculose, atingem famílias inteiras, e, assim morrem anualmente na reserva cerca de 60 adultos e crianças. Segundo ele, tal denuncia já foi encaminhada junto a uma série de reivindicações à Funai, que nada fez.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.