VOLTAR

Terena cego está agregado à tribo

Correio do Estado (Campo Grande-MS)
09 de jun de 1981

Martiminiano Antônio, índio Terena cego, foi reintegrado ao convívio de sua comunidade, Cachoeirinha, após reabilitação realizada pelo Instituto para Cegos de Campo Grande. O orientador ocupacional da entidade, Carlos Ney Silva, junto a equipe da Funai, passou alguns dias visando o estreitamento da relação e a aceitação de Martiminiano com o restante da aldeia, que até então considerava-o como um peso morto. A realização de algumas palestras com familiares, vizinhos, e a comunidade em geral, foram suficientes para a reintegração total do indígena, que já voltou à sua vida normal.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.