VOLTAR

Surgiu a estória de um branco no massacre

Diário de Notícias
30 de nov de 1968

Notícia fala do sumiço da expedição pacificadora do padre Calleri, entre os índios Waimiri Atroari.

Existia a interpretação de que esse sumiço significava o massacre da expedição pelos índios.

Depoimento do mateiro, João, único sobrevivente da expedição (os outros tinham desaparecido), relata a existência de um homem, idoso, loiro, de nome Maruaga, que liderava os índios. O sertanista e engenheiro Eduardo Celestino Santana, que está trabalhando com a construtora da estrada BR- 179 (Departamente de estradas e rodagem), confirmou a informação.

A terceira mulher não chegou a tempo no embarque da expedição e deixou de ir com o grupo para as terras dos Waimiri Atroaris. Ela afirma que teve sorte, pois escapou de um provável massacre.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.