VOLTAR

Soldados são acusados de estupro de índio

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
14 de nov de 1992

Três soldados do Exército e um garimpeiro estupraram um índio, de nome Jair, na praia de São Gabriel da Cachoeira (AM), conforme denúncia feita ao Cimi pela Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn). O ato de violência aconteceu na presença do filho de Jair, de oito anos de idade. O garimpeiro e um dos soldados doram detidos. Os outros militares fugiram, mas foram presos posteriormente. A violência sexual foi comptovada em exame de corpo delito.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.