VOLTAR

Servidores e indígenas tomam posse no Comitê Regional de Maceió/AL

Funai - http://www.funai.gov.br/
23 de mai de 2012

A Fundação Nacional do Índio (Funai) realizou durante os dias 16 a 17 deste mês, a "Oficina de Capacitação e Instalação do Comitê Regional de Maceió/AL", com o objetivo de nivelar conceitos e procedimentos necessários para garantir a efetividade do espaço colegiado. Tomaram posse no Comitê Regional 38 membros titulares e suplentes, desses, 19 são indígenas e 19 servidores. A presidência do comitê foi delegada ao coordenador regional da Funai em Maceió, Frederico Vieira Campos.

Os Comitês Regionais são órgãos colegiados com atribuição de colaborar no planejamento anual da Funai para a região, propondo ações de articulação com outras esferas de governo. Todos os Comitês são de composição paritária, entre representantes da Funai e dos povos indígenas da região de jurisdição da coordenação regional a que estão vinculados. Dessa forma, a constituição do Comitê fortalece a política indigenista através da participação ativa das comunidades indígenas na discussão, proposição, deliberação, gestão e controle social das políticas públicas.

A Coordenação Regional de Maceió tem sob sua jurisdição os povos indígenas: eripanko; Kalankó; Katokim; Kuiupanká; Karuazu; Wassú ; Karirí-Xocó; Xucurú-Kariri; Aconã; Tinguí-Botó; Xokó; XuKurú de Cimbres; Xukurú de Ororubá; Kapinawa; Pankará; Pipipan; Kambiwá; Karapotó e Tuxá de Inajá.

Durante os dois dias de oficina foram definidos o número de integrantes, os critérios de representatividade entre os grupos étnicos, o Regimento Interno, que foi amplamente debatido em conjunto pela Funai, e a atuação dos povos indígenas envolvidos. O evento aconteceu no Acampamento Batista, no Município de Pariqueira/Al.

http://www.funai.gov.br/ultimas/noticias/2012/05_mai/20120523_11.html

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.