VOLTAR

Sertanista afasta-se de waimiris e vai a Manaus

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
04 de jan de 1973

Embora a Funai tenha desmentido, em nota oficial, que os Waimiri-Atroari estejam em pé de guerra, funcionários do órgão informaram que o sertanista Gilberto Pinto Figueiredo abandonou o posto indígena de Alalaú e viajou para Manaus. A viagem sugere dificuldades no trabalho com os indígenas. Em Brasília, Apoena Meireles informou que os últimos 12 índios Avá-Canoeiro sobreviventes foram transferidos para a ilha do Bananal. A Funai desmentiu que os índios Xavante estejam se preparando para atacar as fazendas situadas na reserva indígena de São Marcos. Já no Sul, a Polícia Militar advertiu sobre a depredação na região de Itapuã por parte de um grupo de índios e empresas madeireiras.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.