VOLTAR

Segurança em usinas de Angra custará R$ 300 milhões até 2015

OESP, Vida, p. A22
08 de nov de 2011

Segurança em usinas de Angra custará R$ 300 milhões até 2015

Oito meses após o acidente na central nuclear de Fukushima, no Japão, técnicos da Eletronuclear concluíram um relatório que prevê 52 iniciativas a serem adotadas nas usinas de Angra dos Reis (RJ). O investimento necessário foi estimado em R$ 300 milhões até 2015, mas poderá dobrar, caso seja aprovada a construção de uma pequena central hidrelétrica em Angra.
O plano será entregue amanhã à direção da Eletronuclear, responsável pela operação de Angra 1 e Angra 2 e pela construção de Angra 3. A empresa deverá aprovar o documento e encaminhá-lo à Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), órgão de controle da atividade nuclear no País.
Está prevista a reavaliação da estabilidade das encostas no entorno das usinas de Angra e novos estudos sobre a ocorrência de terremotos, tornados, furacões, movimentos do mar e inundações por eventos externos na região. De acordo com o assessor da diretoria técnica da Eletronuclear, Paulo Carneiro, pelo menos R$ 100 milhões serão destinados ao capítulo das catástrofes naturais. As pesquisas serão desenvolvidas por universidades e centros de pesquisa.

OESP, 08/11/2011, Vida, p. A22

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,seguranca-em-usinas-de-angr…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.