VOLTAR

Sedam divulga índice de queimadas em Rondônia

SEDAM/RO - www.sedam.ro.gov.br
08 de dez de 2009

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental divulgou na manhã desta terça-feira (8/12) o relatório de Monitoramento de Focos de Calor em Rondônia referente aos meses de julho a novembro de 2009. Durante este período foi verificado em todo o Estado 6.554 focos de calor, contra 16.586 focos registrados no mesmo período de 2008, representando uma redução de 60%. Estes dados foram coletados pela Coordenadoria de Geociência da Sedam, tendo como fonte o Centro de Pesquisa Tecnológica Espacial e Científica, do Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (CPTEC/INPE).

De acordo com o relatório, o mês que apresentou maior redução foi agosto de 2009, com uma queda superior a 78% e no mês de julho 72%, esse período é considerado seco e propício para as queimadas, mas com os projetos de Educação Ambiental, monitoramento e o Plano de Ação de Combate as Queimadas elaborado pelo Governo de Rondônia ajudaram na redução dos focos de calor no Estado.

Nas Unidades de Conservação Estaduais, durante o período de julho a novembro de 2009, ocorreu uma redução de mais de 46% no número de focos de calor em comparação ao mesmo período de 2008. A Resex de Jaci Paraná foi responsável por mais de 70 % dos focos detectados nas Unidades de Conservação Estadual, enquanto em 2008 Corumbiara foi a que apresentou maior número de focos de calor, sendo responsável por mais de 43% do total dos focos monitorados em todas as unidades de conservação Estadual.

No ano de 2009 ocorreu uma redução de mais de 60% no número total de focos de calor registrado no estado de Rondônia. Nas Unidades de conservação federal e estadual de Rondônia as reduções dos focos de calor foram superiores a 66%. Estes números mostram a importância das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado de Rondônia e seus parceiros sejam municipais, federais e não governamentais na conscientização do não uso do fogo, através de campanhas na mídia e de ações de monitoramento, controle e fiscalização aliadas ás ações de educação ambiental realizadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental que conquistou neste ano mais um objetivo pelo meio ambiente que é a redução dos focos de calor.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.