VOLTAR

Secretário-geral do Cimi diz em CPI que Funai é o esquadrão da morte do índio

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
14 de set de 1977

O secretário-geral do Cimi, Padre Antônio Iasi, em depoimento para a CPI do índio, comparou a Funai ao esquadrão da morte. O missionário também acusou a FAB de utilizar terras do Parque do Xingu para implantar uma fazenda de criação de gado. Entre outros pontos, Iasi lamentou que o Parque do Xingu, área indígena internacionalmente reconhecida, fosse cortado por um estrada.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.