VOLTAR

Secretaria de Floresta lança livro fotográfico sobre as Florestas Estaduais

Agência de Notícias (AC) - http://www.agencia.ac.gov.br
Autor: Wiliandro Derze
01 de dez de 2011

Com o objetivo de mostrar os potenciais naturais e humanos das áreas das Florestas Estaduais dos rios Gregório, Liberdade, Mogno e Antimary, o governo do Estado do Acre, através da Secretaria de Estado de Floresta, produziu o livro fotográfico "Acre: um Estado Florestal", em parceria com o Banco Mundial. Para a realização desse projeto, a fotógrafa Daniela Dacorso e o jornalista Nelson Liano Júnior percorreram rios e comunidades localizadas nessas florestas, retratando a vida das pessoas que dependem dos recursos florestais para sobreviverem.

O resultado desse trabalho são mais de 350 páginas com fotografias e textos legendas que traduzem um sistema de vida conectado com a natureza e as perspectivas de futuro das comunidades ribeirinhas e florestais que constituem a base social e cultural do povo acreano. A exuberância de recursos naturais existentes na região, cuja biodiversidade é uma das mais elevadas da Amazônia brasileira, levou o governo do Acre a criar programas para garantir a preservação do meio ambiente e, ao mesmo tempo, gerar melhores condições de vida para os seus habitantes.

"Esse é um projeto financiado pelo Banco Mundial que apresenta os nossos potenciais e nos ajuda a promover as nossas florestas, mostrando a realidade das pessoas, os trabalhos realizados", disse o secretário de Florestas, José Mastrângelo.

O livro fotográfico "Acre: um Estado Florestal" foi lançado nesta quinta-feira, 1, no Auditório da Biblioteca da Floresta, em Rio Branco. A publicação foi entregue aos principais órgãos ambientais do Estado e município, além de instituições como o Ministério Público Estadual.

Com o objetivo de preservar costumes sociais e culturais das populações florestais, além de incentivar práticas econômicas sustentáveis, as Florestas Estaduais abrem perspectivas de uma nova forma de convivência entre as comunidades e a natureza. Entre todas as Unidades de Conservação de Uso Sustentável do território acreano, quatro delas são emblemáticas e por isso foco do livro: as Florestas Estaduais do Rio Liberdade, do Rio Gregório e do Mogno na bacia do Rio Juruá, e a do Antimary na bacia do Rio Purus.

Nessas quatro Florestas Estaduais, que juntas somam mais de 520 mil hectares, o governo do Acre vem trabalhando para garantir a infraestrutura básica para a realização do manejo florestal de uso múltiplo, procurando também ofertar serviços públicos de qualidade, além de fomentar e incentivar a manutenção das atividades extrativistas tradicionais e do desenvolvimento de uma agricultura familiar sustentável.

http://www.agencia.ac.gov.br/index.php/noticias/meio-ambiente/17623-sec…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.