VOLTAR

Saúde lança Programa de Prevenção ao Câncer de Colo do Útero e de Mama da Mulher Indígena

Sesai - http://portal.saude.gov.br/
Autor: Jorge Alexandre Araújo
19 de abr de 2011

Até o fim de 2012, aproximadamente 240 mil mulheres devem ser assistidas

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, lançou nesta terça-feira (19), em Brasília, o Programa de Controle do Câncer de Colo de Útero Indígena e o Programa de Controle de Câncer de Mama Indígena. Os planos serão implementados até o fim de 2012, nos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs), espalhados por todo território nacional. Aproximadamente 240 mil mulheres devem ser assistidas.

A meta de Controle do Câncer de Colo de Útero Indígena prevê anualmente o acesso a mais de 75% das mulheres indígenas, entre 10 e 59 anos, a exames citopatológico preventivo (Papanicolaou). No Controle do Câncer de Mama, as mulheres indígenas entre 40 e 69 anos com suspeita de câncer de mama, serão examinadas para confirmação ou descarte do diagnóstico.

Para os dois tipos de câncer, será garantido tratamento oportuno e eficaz contra a doença, bem como as lesões decorrentes, dos casos com diagnóstico confirmado. Como todos os programas voltados à atenção dos povos indígenas, os trabalhos da equipes multidisciplinares vão unir as práticas de saúde tradicionais aos hábitos culturais das etnias atendidas, observando as peculiaridades de cada uma delas.

Programa

Faixa Etária

População
PCCU

10 a 59 anos

197.258
Diagnóstico Precoce CA Mama

40 a 69 anos

42.296
Total

239.554
1 Semestre de 2011

2 Semestre de 2011
Capacitação dos profissionais da atenção primária indígena;
Fortalecimento do controle de qualidade dos exames.

Implementação
dos programas

http://portal.saude.gov.br/portal/aplicacoes/noticias/default.cfm?pg=ds…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.