VOLTAR

São Félix do Xingu sedia programação da Semana dos Povos Indígenas

G1 g1.globo.com
16 de abr de 2017

O município de São Félix do Xingu, no sudeste do Pará, sedia a partir deste domingo (16) a programação da Semana dos Povos Indígenas. Durante o evento serão realizadas competições esportivas, como atletismo masculino, jogos e futsal feminino e provas de arco e flecha. Representantes das aldeias também terão acesso a serviços gratuitos de cidadania e saúde e participam com atividades culturais, exposição de artesanato e pinturas corporais.
"Nosso direito ainda existe. Os parlamentares nos colocam como se todos fôssemos iguais. Não é isso. O indígena continua sendo indígena com toda sua identidade e culturas próprias. E a presença da nossa cultura aqui na Semana dos Povos Indígenas é uma prova disso", comentou Amaury Kayapó da aldeia Ngômejti, coordenador indígena pela Associação Floresta Protegida (AFP).
A AFP é uma organização indígena sem fins lucrativos que representa atualmente 17 comunidades, reunindo cerca de três mil indígenas, do povo Mbêngôkre/Kayapó localizadas no sul e sudeste do estado do Pará. Treze aldeias estão localizadas na Terra Indígena Kayapó (Apêjti, Àukre, Kndjêrêkrã, Kôkrajmôrô, Krmajti, Kubnkrãkêj, Môjkàràkô, Ngômejti, Pykarãrãkre, Pykatô, Pykatum, Rikaro e Tepdjati), duas estão localizadas na Terra Indígena Mkrãgnoti (Kawatire e Kndjam) e duas na Terra Indígena Las Casas (Tekrejarôtire e Kaprãnkrere).
"O mundo tem que conhecer nossa tradição para aprender a respeitá-la. Esperamos que nossas reivindicações sobre a identidade cultural e sobre nosso território sejam ouvidas pelas autoridades que estarão presentes nestes dias", ressaltou Bepdja Kayapó, da aldeia Môjkàràkô.

http://g1.globo.com/pa/para/noticia/sao-felix-do-xingu-sedia-programaca…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.