VOLTAR

Roubo e devastação na selva

Jornal da Tarde (São Paulo - SP)
12 de nov de 1992

A extração de mogno no sul do Pará envolve uma rede de devastação, onde o manejo sustentável é ignorado, a fiscalização de órgãos governamentais é quase inexistente e a o roubo de terras indígenas ou propriedades rurais aonde existe o mogno são frequentes.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.