VOLTAR

Roubo de terras e assassinato: Funai sabe e não faz bulhufas

Porantim nº 19
30 de jun de 1980

Os índios Pirahã, coletores de castanha na região dos rio Maici e Marmelos, municípios de Humaitá (AM), estão reivindicando cerca de dez grandes castanhais que foram ilegalmente apropriados por Sebastião Pereira, ex-inspetor do antigo SPI. Seu genro, Eduardo Duarte, afirma ter herdado as terras indígenas. Na mesma região, em 1975, o índio Silvério foi assassinado impunemente. Os fatos foram denunciados à Funai, que se mantém omissa diante da situação.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.