VOLTAR

Rodohidrovia na área Munduruku pode ser embargada

Porantim
Autor: André Ramos e Carmen Cruz
01 de jul de 1997

Os dois empreendimentos que compõem o mega projeto da Rodohidrovia do Tapajós poderão ser embargados nos próximos dias, caso a Justiça Federal acate pedido da Procuradoria da República em Santarém, por ilegalidade do projeto e indícios de irregularidade na contratação do EIA-Rima da hidrovia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.