VOLTAR

Rituais de guerra em Ji-Paraná

Jornal de Brasília
03 de ago de 1984

Os índios Arara (Karo) e Gavião (Ikolen) continuam se pintando e cumprindo rituais de guerra, no município de Ji-Paraná, preparando-se para atacar cerca de 700 colonos que invadiram, há algum tempo, suas áreas na reserva indígena do Igarapé Lourdes.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.