VOLTAR

Rio. Peixes. Pássaros. As máquinas mastigam a floresta. O começo do fim

Diário da Manhã (Goiânia-GO)
Autor: Maurílio Lemes
30 de out de 1983

Primeira reportagem da série "Estrada do Parque", de Maurílio Lemes.
A Estrada Parque, que cortará no meio o Parque Nacional do Araguaia, na Ilha do Bananal, ligando Barreira da Cruz (GO), no rio Javaé, a Santa Terezinha (MT), começou a ser construída. Um aterro de 20 quilômetros para dentro da Ilha já está pronto. A implantação da rodovia é criticada tanto pelos impactos socioambientais causados, quanto por sua viabilidade, devido o regime de chuvas da Ilha.
Os Javaé, habitantes da Ilha, estão preocupados com os impactos trazidos pela Estrada Parque. Representados pelo cacique João Javaé, conseguiram algumas vitórias na resistência à estrada: o traçado da rodovia, que antes passaria por cima das roças, foi alterado; e a ponte, que seria construída para realizar a travessia à Barreira da Cruz, foi impedida, permanecendo a balsa como meio de travessia. Contudo, a principal reivindicação da comunidade, controlar a fiscalização da entrada no Parque Nacional, já foi considerada impossível pelo delegado do IBDF de Goiás.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.