VOLTAR

Resex Rio Ouro Preto realiza 1o Festival Gastronômico do Tucunaré em RO

G1 - http://g1.globo.com/
Autor: Junior Freitas
19 de out de 2017

Programação será neste final de semana em Guajará-Mirim. Objetivo é valorizar culinária e cultura local, além de impulsionar turismo na região.

O 1o Festival Gastronômico do Tucunaré acontece neste próximo sábado (21) e domingo (22) na Reserva Extrativista do Rio Ouro Preto (Resex Rio Ouro Preto), situada na zona rural de Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho. Durante a programação haverá degustação de pratos típicos feitos com o tucunaré e da culinária da região, além de apresentações culturais e palestras com diversos temas.

Segundo os organizadores, o foco do evento é valorizar e dar visibilidade à culinária e cultura local, além de gerar empregos e impulsionar as visitações turísticas na Região da Pérola do Mamoré.

A festa é organizada pela Associação dos Seringueiros e Agroextrativistas (Asaex) em conjunto com a Associação dos Seringueiros do Rio Ouro Preto (Asrop) e conta com o apoio da Prefeitura Municipal, além do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

O acesso à localidade pode ser feito pelos Rios Mamoré e Ouro Preto. Por terra a viagem é feita através de um ramal de aproximadamente 40 quilômetros que chega até o Lago do Pompeu, às margens do Rio Ouro Preto.

Confira a programação do festival:

Sábado (21):
18h - Abertura e apresentações culturais

Domingo (22):
10h - Café da manhã com comidas típicas da região
Palestras: Resex Rio Ouro Preto, Tucunaré, Educação Ambiental
Escolha da Rainha do Festival
Escolha do melhor prato à base de tucunaré
Apresentações culturais
Venda de comidas típicas e pratos à base de tucunaré

https://g1.globo.com/ro/guajara-mirim-regiao/noticia/resex-rio-ouro-pre…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.