VOLTAR

Reação Indígena cresce, Funai negocia

Folha de São Paulo (São Paulo-SP)
30 de mar de 1984

Espalhou-se o movimento dos Metyktire, subgrupo Kayapó, que há seis dias interrompem o tráfego da rodovia Brasília-Manaus, sequestrando a única balsa que faz a travessia do rio Xingu. Agora eles contam também com o apoio dos Kuikuro, que vivem no sul da reserva.
Preocupada com a adesão que os Metyktire vêm recebendo, a Funai decidiu mudar de ideia e escolherá um negociador para dialogar com as comunidades indígenas. O líder dos Kuikuro, Tadata, acredita que Otávio Ferreira Lima, presidente da Funai, não vai à área do conflito porque está com medo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.