VOLTAR

Quartiero insiste em falar em resistência

Folha de Boa Vista
22 de ago de 2007

O presidente da Associação dos Arrozeiros, Paulo César Quartiero, disse "acreditar no Brasil e na Justiça", e que apesar de o Governo Federal nesta gestão ser "complicado", prefere acreditar que não vai chegar ao extremo de usar a força para retirar os não-índios da área Raposa Serra do Sol.

Por outro lado, afirmou que a vinda de 500 homens armados para o Estado não denota boas intenções por parte do governo. "Para que tantos homens? Para dialogar? Nenhum diálogo se faz com força, mas se acontecer [a ação de retirada], nós vamos resistir", afirmou.

Na opinião pessoal do produtor, o que está acontecendo é uma "conspiração promovida por organismos internacionais com interesses na Amazônia". "Trata-se de uma disputa geopolítica estratégica e os arrozeiros estão no olho desse furacão".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.