VOLTAR

Puxão de orelha sela paz no Xingu

O Globo (Rio de Janeiro-RJ)
04 de mai de 1984

O puxão de orelha de Raoni no ministro Mário Andreazza foi o gesto que marcou o fim do conflito no Parque do Xingu, que durou 43 dias. Durante reunião no Ministério do Interior, foi selado o acordo entre o Governo Federal e as lideranças indígenas, garantindo a demarcação da faixa de 15 quilômetros de terra.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.