VOLTAR

Projeto doa alimentos de comunidades quilombolas para famílias vulneráveis

Claudia - https://claudia.abril.com.br/saude/
16 de jun de 2020

Projeto doa alimentos de comunidades quilombolas para famílias vulneráveis
Campanha escoa excesso de grãos e vegetais produzidos em comunidades quilombolas e monta cestas de doações para famílias sem recursos na pandemia

Por Colaborou: Esmeralda Santos

Se tem uma coisa que a crise causada pelo novo coronavírus fez foi acentuar a desigualdade social no nosso país. Família vulneráveis perderam fonte de renda e se viram sem comida em casa. Há o caso, inclusive, de pequenos produtores, que, diferentemente de grandes empresas, não conseguiram se adaptar tão facilmente aos novos obstáculos impostos pelo necessário isolamento social.

Pensando nessas pessoas, o Instituto Brasil a Gosto, comandando pela chef Ana Luiza Trajano, colunista de CLAUDIA, criou a Ação Vale do Ribeira. O objetivo da campanha é escoar o excesso da produção agrícola das comunidades quilombola e caiçara do Vale do Ribeira e, com isto, montar cestas de alimentos para serem distribuídas para famílias vulneráveis na cidade de São Paulo.

A iniciativa é uma continuidade da campanha que vinha sendo realizada desde março, quando começou a pandemia no Brasil, em que o Instituto estimula, através das redes sociais, a alimentação saudável dando dicas de receitas e organização da cozinha.

Além da Cooperativa dos Agricultores Quilombolas do Vale do Ribeira (Cooperquivale) e do Instituto Socioambiental, a comunidade caiçara da Enseada da Baleia e o Instituto Linha D'água também contribuem com as cestas, fornecendo peixes secos, como tainha, bagre e corvina. As cestas levam também mandioca, limão, inhame, diferentes variedade de banana, chuchu, farinha, batata doce, alface, couve, entre outros alimentos. Os kits serão compostos por dez itens entre os 26 produzidos pela Cooperquivale.

Para ajudar, é possível fazer doações pela plataforma kickante.O valor mínimo é 10 reais. Quem doar a partir de 30 reais pode escolher recompensas como um e-book com receitas do Instituto Brasil a Gosto e da chef Ana Luiza Trajano e uma vídeo-aula gravada com o chef e pesquisador Max Jaques sobre a variedade de ingredientes da Mata Atlântica e seus usos na cozinha brasileira.

https://claudia.abril.com.br/saude/acao-coronavirus-quilombos/

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.