VOLTAR

Projeto de valorização de línguas indígenas concorre a prêmio nacional

Folha de Boa Vista - https://folhabv.com.br
07 de out de 2019

O projeto de aprendizagem das línguas Macuxi e Wapichana, desenvolvido pela Universidade Federal de Roraima, por meio do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena, foi selecionado para concorrer à premiação em uma revista de grande circulação no Brasil.

A professora do Curso de gestão territorial indígena, Ananda Machado, é uma das pessoas que está à frente da iniciativa e diz que ficou surpresa ao saber da indicação para participar do prêmio.

"Fiquei muito feliz pela indicação do projeto, pois é um trabalho espetacular que desenvolvemos dentro da Universidade. Posso dizer que conseguimos atingir o nosso objetivo, que é valorizar a língua indígena em nosso estado", disse.

Ananda lembra que desde que foi implantado o curso de línguas indígenas, em 2009, a participação das pessoas interessadas em aprender aumentou. Inclusive, o projeto começou a contar com a ajuda de mais colaboradores.

"Começamos com apenas duas turmas, mas em 2016 o curso contou com a participação de 600 pessoas inscritas. Tanto é que, devido à grande demanda, ampliamos o número de turmas para 18", lembrou.

Com o tempo, as metodologias usadas para ensinar as línguas Macuxi e Wapichana foram sendo melhoradas, facilitando o processo de ensino e aprendizagem.

"Fomos desenvolvendo várias formas de ensinar os nossos alunos. Algumas das atividades que realizamos são lúdicas, que deixam as pessoas mais à vontade para aprender", explicou.

PREMIAÇÃO - Ananda não revelou se vai haver uma premiação em dinheiro para a iniciativa voltada para a educação que se sair melhor. Mas confirmou que a entrega da premiação será no dia 11 de novembro.

"Espero que nós possamos ganhar o prêmio para tornar nosso trabalho ainda mais conhecido. Fomos informados de que a iniciativa vencedora da premiação terá uma publicação especial na revista", falou.

https://folhabv.com.br/noticia/CIDADES/Capital/Projeto-de-valorizacao-d…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.