VOLTAR

Procurador dá apoio aos índios desalojados por hidrelétrica

A Tarde (Salvador-BA)
Autor: Suza Machado
12 de dez de 1998

A Chesf e a Funai poderão ser acionadas judicialmente se não solucionarem o impasse diante do reassentamento das 156 famílias da comunidade Tuxá, que foram retiradas de suas terras para a construção da Hidrelétrica de Itaparica, e que hoje vivem em Rodelas. Segundo o procurador Robério Nunes Filho, essa questão se arrasta há 11 anos, e, que após ser desalojada, a comunidade perdeu as condições de subsistência.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.