VOLTAR

Pressão externa apressou demarcação

A Tarde (Salvador - BA)
16 de nov de 1991

A pressão da comunidade internacional e a proximidade da Rio-92 levaram o presidente Fernando Collor Pa decidir pela demarcação dos 9,4 milhões de hectares da reserva indígena Yanomami. A ONG Survival International propôs oficialmente às demais organizações envolvidas com a temática indígena e ambiental o boicote sumário à Rio-92. A Anistia Internacional também pressionou, enviando telegramas ao Palácio do Planalto e ao Ministério da Justiça, ao qual a Funai é subordinada.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.