VOLTAR

Pressão e ameaça de conflito no rio Guamá

O Liberal
28 de jun de 1977

Um grupo de sete colonos da localidade de Livramento no alto do Rio Guamá, levou ontem, ao deputado Brabo de Carvalho a denúncia de que suas casas estão sendo queimadas por um grupo de 15 homens. São mais de 300 famílias que plantam e vivem na região há mais de cinco anos, considerada pela Funai reserva indígena. O presidente da Funai, Coronel Antonio Augusto Nogueira, confirmou de fato o envio de 15 homens para livrar a região das trezentas famílias que alí se haviam infiltrado, pois que esta área do alto rio Guamá é reserva dos índios Tembé. Quanto à queima de casas, o Coronel negou envolvimento e disse que irá investigar.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.