VOLTAR

Povos indígenas do rio São Francisco se encontram em Porto Seguro

Aldeia Nago- http://www.aldeianago.com.br
17 de jul de 2014

Na diversidade populacional da Bacia do Rio São Francisco vivem 32 povos indígenas de diferentes etnias, em mais de 50 territórios espalhados por seis estados brasileiros: Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. Essas populações estarão representadas no III Seminário dos Povos Indígenas da Bacia do Rio São Francisco, que acontece nos dias 18, 19 e 20 de julho, na aldeia Barra Velha Pataxó (a 200km de Porto Seguro, Sul da Bahia). A expectativa do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco - CBHSF, organizador do encontro, é reunir cerca de 200 lideranças indígenas da bacia, além de representantes de povos de outros estados, como Espirito Santo, Ceará e Paraíba.

No seminário, estão previstas discussões referentes aos problemas de abastecimento de água que hoje afetam diversas regiões do Velho Chico e suas populações ribeirinhas, incluindo os indígenas. Além disso, o fortalecimento do Dia Nacional em Defesa do Velho Chico, os projetos de recuperação hidroambiental financiados com recursos da cobrança pelo uso da água em território aborígene e a criação de uma agenda interna dos povos indígenas completam a pauta do evento.

Segundo o coordenador da Câmara Consultiva Regional (CCR) do Submédio São Francisco, o cacique Uilton Tuxá, a escolha de Porto Seguro - mesmo não sendo um município da bacia do Velho Chico - se dá por questões de integração. "Queremos interagir com os povos indígenas do litoral e passar para eles a nossa luta em benefício do rio São Francisco", disse. Na mesma semana, Porto Seguro sediará a Assembleia Geral da APOINME - Articulação dos Povos e Organizações indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo. "É uma oportunidade para mostrar o trabalho que vem sendo realizado pelo Comitê, junto aos povos indígenas", afirmou o cacique.

Índios no Comitê - Além de Uilton Tuxá, que integra a Aldeia Tuxá - Rodelas/Bahia, o Comitê da Bacia do Rio São Francisco tem em seu colegiado outros três representantes indígenas: Iveraldo Pereira Junior (Aldeia Fulni-ô/Pernambuco); Ricardo de Campos (Aldeia Tingui-Botó/Alagoas); e Anália Aparecida da Silva (Aldeia Tuxá - Pirapora/Minas Gerais).

http://www.aldeianago.com.br/noticias-da-cidadania/9246-povos-indigenas…-

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.