VOLTAR

Pouco restou da rica floresta de Ibirama

Jornal de Santa Catarina (Blumenau - SC)
05 de jun de 1988

A reportagem fala sobre a Floresta Nacional de Ibirama (SC), criada por decreto de lei e subordinada ao IBDF, órgão que é responsável por sua efetiva implantação. Esta floresta constitui-se como cenário de inúmeras desavenças envolvendo indígenas, brancos e mestiços, e a consequente disputa pela madeira da região. A reportagem também trata da extração do material lenhoso e prevê que a floresta exista apenas por cerca de dois anos a mais. O tema da implantação de uma barragem pelo DNOS é comentado, assim como as promessas de indenizações que foram feitas na tentativa de amenizar os problemas gerados com essa ação. Reivindicações acordadas entre a Funai e o próprio DNOS tinham como objetivo o atendimento das demandas indígenas. No entanto, várias cláusulas desse contrato não foram levadas a sério.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.