VOLTAR

Polícia Federal tira padre católico de área Yanomami

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
25 de ago de 1987

O padre Guilherme Damioli foi retirado da Missão Catrimani, junto aos índios Yanomami, em Roraima, por um grupo de três agentes da Polícia Federal armados com revólveres, além de um funcionário da Funai. A ação faz parte de decisão do órgão indigenista, que está esvaziando a área para apurar as mortes ocorridas em confronto entre os índios e garimpeiros que trabalham na região.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.