VOLTAR

Polícia civil espanca índios em Fortaleza

Tribuna da Imprensa (Rio de Janeiro - RJ)
13 de jul de 1990

José Flávio Alves de Almeida, indígena Tapeba, foi espancado juntamente com sua companheira Maria Eliane de Azevedo e preso na Delegacia do Distrito de Jurema, por três policiais civis e na ausência de um mandado judicial. Além disso, segundo o advogado da Pastoral Indigenista, os policiais estão rondando e intimidando toda a comunidade indígena dos Tapeba, ao mesmo tempo em que posseiros tentam cercar suas terras e impedir que sobrevivam através do manguezal.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.