VOLTAR

PM realiza trabalho de prevenção às drogas em aldeias indígenas da PB

PB Agora - http://www.pbagora.com.br/
27 de ago de 2010

Esta será a terceira vez que o Proerd realiza ações entre os índios de Baia da Traição e Rio Tinto

Policiais militares começarão a partir de setembro a realizar ações de prevenção e combate às drogas nas aldeias indígenas. Esta é a segunda vez, só neste ano, que a PM executa esse tipo de trabalho entre as tribos. O objetivo é combater o tráfico de entorpecentes e inibir a atuação de criminosos nos municípios de Rio Tinto e Baía da Traição. Até dezembro deste ano, os militares irão visitar as aldeias para ministrar palestras, distribuir livros, apresentar peças de teatro e fazer atividades lúdicas. A intenção é conscientizar crianças e adultos sobre os prejuízos do envolvimento com as drogas.

As ações fazem parte do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), coordenado pelo major Jomário Fernandes. As aulas serão realizadas dentro de escola e começarão assim que a Secretaria de Estado de Educação e Cultura indicar o nome do colégio que será contemplado com as ações. A previsão é que a unidade escolar seja conhecida na próxima semana.

Esta será a terceira vez que o Proerd realiza ações de combate às drogas entre os índios. Os policiais estiveram nas aldeias em 2009 e em maio deste ano. Nas ocasiões, as visitas ocorreram duas vezes por semana. A atividade dos policiais é inserida entre os intervalos das aulas normais da escola. Com uma linguagem simples e usando algumas atividades lúdicas, como dança, música e teatro, eles mostraram às crianças os malefícios que causam o consumo de drogas.

Além da Polícia Militar, as aldeias indígenas também poderão receber ações do Programa Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas (PEPD). O gestor do programa, Deusimar Guedes, explica que as ações de segurança nas aldeias são de responsabilidade da Fundação Nacional do Índio (Funai). Ele ainda acrescenta que parcerias poderão ser firmadas para incluir as aldeias nas ações do programa. "O PEPD está aberto para firmar parcerias com instituições. Estamos elegendo algumas localidades como prioridades, mas, se houver a necessidade, poderemos incluir as aldeias também em nossas ações", afirmou.

Secom PB

http://www.pbagora.com.br/conteudo.php?id=20100827174419&cat=paraiba&ke…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.