VOLTAR

PM desocupa fazendas invadidas por índios em Sergipe

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
03 de set de 1987

Indígenas Xokó que ocupavam, desde segunda-feira, a fazenda Caiçara, foram expulsos anteontem à noite por cerca de cem policiais militares. Segundo o cacique Damião, os policiais utilizaram-se de violência contra os índios. A PM, por sua vez, negou tal acusação. Os indígenas pretendem retornar à ocupação assim que a PM deixar o local. O Delegado da Funai afirmou que está acionando a Assessoria Jurídica do órgão para desapropriar a área e disse que a Funai reconhece os Xokó como legítimos proprietários daquela terra. O Incra também manifestou apoio à ocupação, assim como a advogada da Pastoral da Terra. O presidente da Funai, por outro lado, defendeu que o órgão não irá efetuar nenhuma ação que respalde a invasão da propriedade rural, pois não é com violência que os indígenas conseguirão a demarcação.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.